6 álbuns que você deveria ouvir

Voltamos com mais 6 álbuns que chamaram nossa atenção ultimamente.
A esquerda, na nossa playlist, você encontra músicas de todas as bandas citadas e muitas outras que ouvimos e gostamos em 2018.

Banda: Dawes
Álbum: Passwords
Lançamento: 22 de Junho
Gênero: Soft Rock/Americana/Folk
Para fãs de: Bruce Hornsby, Don Henley, Fleetwood Mac
Em seu sexto álbum, a banda norte-americana Dawes bebe muito da sonoridade dos anos 80 com músicas calmas, belos arranjos de piano e uso de sintetizadores. O vocalista/guitarrista/letrista Taylor Goldsmith é um dos músicos mais completos dos últimos 10 anos.

Passwords



Banda: Jim James
Álbum: Uniform Distortion
Lançamento: 29 de Junho
Gênero: Indie Rock/Rock & Roll
Para fãs de: Dinosaur Jr., Neil Young
Em carreira solo, o vocalista do My Morning Jacket, Jim James, deixa um pouco de lado os instrumentais mais psicodélicos e eletrônicos dos últimos álbums de sua banda e se concentra mais nas guitarras. Uniform Distortion é quase uma homenagem a ícones do passado como Neil Young, John Forgety e Alex Chilton.

Uniform Distortion



Banda: Lucifer
Álbum: Lucifer II
Lançamento: 6 de Julho
Gênero: Heavy Metal/Doom Metal
Para fãs de: Black Sabbath, Deep Purple, Ghost
Como o nome sugere, esse é o segundo álbum do Lucifer, banda formada por membros e ex-membros do The Oath, Cathedral e Entombed. O som do grupo é um prato cheio para fãs de música dos anos 70 pelos toques de blues e os riffs Tony Iommianos.

Lucifer II



Banda: None Dare Call It Conspiracy
Álbum: Pawns and Kings
Lançamento: 29 de Junho
Gênero: Groove Metal/Modern Metal
Para fãs de: Chimaira, Disturbed, Killswitch Engage
A banda finlandesa None Dare Call It Conspiracy  lançou no final de Junho seu segundo álbum apenas. Apesar de desconhecida, a banda, que possui 3 (!!) guitarristas, mostra ter feito seu dever casa para assimilar influências de bandas atuais e canalizá-las em músicas grudentas e pesadas. 




Banda: Skeletonwitch  
Álbum: Devouring Radiant Light
Lançamento: 20 de Julho
Gênero: Black Metal/Thrash Metal
Para fãs de: Ancient Ascendant, Enslaved, Immortal
Desde a troca de vocalista, o Skeletonwitch tenta se reencontrar musicalmente, o que parece que aconteceu em "Devouring Radiant Light". Pelas músicas liberadas até aqui, a banda mergulhou de cabeça no black metal, sem abrir mão de riffs galopantes de thrash metal. Além disso, a música de abertura do álbum com quase 8 minutos mostra que a banda também está se aventurando por composições progressivas com várias camadas de guitarra e linhas de baixos minuciosas.

Devouring Radiant Light



Banda: Street Dogs
Álbum: Stand for Something or Die for Nothing
Lançamento: 22 de Junho
Gênero: Punk Rock
Para fãs de: Bad Religion, Dropkick Murphys, Rancid
Depois de 8 anos, a banda de Boston volta a lançar um álbum de inéditas. Em menos de 40 minutos, "Stand for Something or Die for Nothing" mostra a banda disparando grandes refrões com a urgência e paixões habituais. Também habituais são as letras politizadas do vocalista Mike McColgan, um veterano da Guerra do Golfo, ex-bombeiro e ex-vocalista do Dropkick Murphys.

Stand for Something or Die for Nothing




Comentários

Postagens mais visitadas